Toulouse
 

Como aproveitar ao máximo Toulouse em 3 dias

Planejando uma viagem para Toulouse? Inspire-se sobre o que fazer enquanto estiver lá com nossa ideia de roteiro de três dias perfeitos. História, cultura, entretenimento, restaurantes... Faça tudo em um ritmo confortável e não perca nada!

▼ Veja as atividades

Em Toulouse, não é só a festa que torna a vida cor-de-rosa : também tem o seus tijolos. Aliás, a cor deste material, com sua cor tão característica, rendeu à cidade seu apelido : a « Cidade Rosa ». Por causa da penúria de pedra silhar e da abundância da argila, os habitantes das redondezas decidiram construir a sua cidade com tijolos. Foi uma ótima ideia, já que hoje em dia, Toulouse é uma das mais belas cidades do mundo.

Para começar, vá direto à Praça do Capitólio, um espaço imenso que tem a particularidade de não conter nenhuma construção. Enquanto três dos seus quatro lados são cercados por ruas, o último lado é reservado ao Capitólio. Este edifício enorme, cuja construção remonta a 1190, abriga há 800 anos a sede do poder municipal, atualmente a prefeitura, bem como um teatro.

Ao pegar a rua du Taur, ao norte da Praça do Capitólio, você logo vai chegar na Basílica de Saint-Sernin, classificada como patrimônio mundial da humanidade. Construída entre os séculos IX e XIII, trata-se da maior igreja romana ainda conservada na Europa, além de ser um lugar importante de peregrinação, fazendo parte do Caminho de Santiago de Compostela. Dentro dela, você poderá visitar as cinco naves e o tesouro da basílica, que contém as reíquias de São Saturnino, mártir da cidade a quem a igreja é dedicada.

Para almoçar, na rua do Taur, você logo vai poder matar a fome no Occi’Fast Good, que combina os serviços de restauração rápida e os prazeres da gastronomia local.

Ao retomar a rua do Taur em direção ao Capitólio, e depois virando à direita, você vai encontrar o Convento dos Jacobinos, uma igreja do século XIII, bem representativa da arquitetura gótica da região. Dentro dela, a « palmeira dos Jacobinos » é uma coluna de 28 metros de altura, única no mundo.

Quando tiver saído da igreja, avance na direção oposta ao Capitólio para chegar ao rio Garona e seus cais, um lugar de reunião e de descontração para todo o povo de Toulouse. Ande pelo cais no sentido da corrente, e depois atravesse a eclusa Saint-Pierre que atravessa o canal de Brienne, assim você chegará no espaço EDF Bazacle, uma usina hidroelétrica que oferece exposições e que constitui um belíssimo ponto de vista sobre o rio.

Dia 2 >

▼ Veja as atividades

No dia seguinte, pegue a direção da Catedral Saint-Etienne, ao sul do Capitólio. Esta catedral, muito eclética em sua arquitetura, combina vários elementos distintos, inspirados tanto pela arte gótica do Norte da França quanto pela arquitetura da região francesa do Midi. Em seu interior, encontra-se o túmulo de Riquet, que concebeu o canal do Midi, que você vai conhecer logo logo.

Ao sair, vá para o sul novamente para chegar no Square Boulingrin, um jardim do século XVIII agradabilíssimo, ainda mais para quem gosta de fazer um piquenique.

Já é tempo de de ir para o leste, para conhecer o famoso Canal do Midi, ao longo do qual poderá andar. Com seus 240 quilômetros de comprimento e os quinze anos de obras necessários para a sua realização, este canal, que liga a Cidade Rosa ao Mar Mediterrâneo, é uma proeza humana e técnica. Inscrito no Patrimônio Mundial da Humanidade, é um dos mais antigos canais da Europa ainda em funcionamento nos dias de hoje, e sem dúvida o mais impressionante. Ao deixar a mergem no ponto do Museu Georges-Labit, você poderá aceder ao Jardim das Plantas e ao seu museu.

Quando a noite chegar, vá em direção ao centro para aproveitar os melhores restaurantes da cidade, como o Balthazar, na Rua dos Couteliers, perto do Pont-Neuf, um bistrô muito famoso, ou o Accolade, nesta mesma rua, que oferece a gastronomia francesa simples e original, em um cenário agradável.

< Dia 1 Dia 3 >

▼ Veja as atividades

No dia seguinte, ultrapasse o próprio infinito, explorando a Cidade do Espaço(Cité de l’Espace), ao leste de Toulouse, acessível a partir da cidade. Este espaço com 2500m² de área está aí para provar que Toulouse é uma cidade pioneira em matéria de aeronáutica. Lá, você vai descobrir um planetário, bem como simuladores, que lhe darão a impressão de ser um cosmonauta. A seguir, volte ao centro da cidade para passar por uma das pontes e conhecer a margem esquerda.

No jardim Raymond VI, que segue a mergem do rio Garona, você poderá visitar os Abattoirs, que é o Museu de Arte Moderna da cidade. Além de acompanhar os projetos contemporâneos, os Abattoirs organizam de maneira permanente exposições que revelam a vitalidade cultural da cidade. Lá, você vai encontrar obras de Dubuffet, Duchamp, Vasarely, Arman ou ainda Brassaï.

Em sua última noite em Toulouse, é no centro da cidade que a festa acontece, principalmente nos bairros Saint-Pierre, Arnaud-Bernard e à beira do rio Garona. É nestes bairros que encontrará o maior número de bares e de pubs emblemáticos da vida noturna de Toulouse, como o Communard ou o Breughel l’Ancien.

« A Cidade Rosa », « a Cidade das Violetas », quando se evoca Toulouse, são logo as cores que vêm à tona. Cores, perfumes e um sotaque caro ao cantor e compositor francês Nougaro, que respiram o bom ar do sul da França, da descontração, do sol e do calor humano. Em três dias, você terá visto apenas os lugares essenciais da cidade, mas ainda terá muitas maravilhas para descobrir. Se passar mais tempo em Toulouse, visite a torre de menagem (em francês « donjon ») do Capitólio, sente-se no café Bibent e compre uma tela no ABC, o cinema de Arte e Ensaio mais antigo da cidade.

< Dia 2

Nossos hotéis em Toulouse

 

My TripPlanner

Para utilizar o TripPlanner, você deve se registrar.

Login Inscrição