Rio de Janeiro
 

Como aproveitar ao máximo Rio de Janeiro em 3 dias

Planejando uma viagem para Rio de Janeiro? Inspire-se sobre o que fazer enquanto estiver lá com nossa ideia de roteiro de três dias perfeitos. História, cultura, entretenimento, restaurantes... Faça tudo em um ritmo confortável e não perca nada!

▼ Veja as atividades

Por muito tempo, o Rio de Janeiro foi a capital do Brasil, antes que esta fosse transferida para Brasília. O Rio é a segunda maior cidade do país, e sem dúvida é a mais emblemática. Reconhecida por suas festas e pelo seu carnaval, mas também por suas praias e suas favelas, a cidade vive o ano inteiro sob o olhar do Cristo Redentor, que protege a cidade do alto do Corcovado.

Quando chegar ao Rio de Janeiro, você com certeza terá vontade de ver uma das suas praias míticas, mas nós aconselhamos que comece com um passeio durante o qual poderá dar uma olhada na cidade e ter uma ideia da sua identidade e da sua diversidade.

Vá em direção ao Cristo Redentor, que é tão emblemático para o Rio quanto a Torre Eiffel para Paris. Esta estátua de 38 metros de altura se tornou ao longo dos anos o símbolo principal da cidade. Situada no topo do morro do Corcovado, pode ser vista de todos os bairros da cidade, e reciprocamente : do Cristo, você pode apreciar um cenário ideal e um panorama esplêndido do Rio.

Aos seus pés fica a Floresta da Tijuca, que é a maior floresta urbana do mundo, se estendendo até o coração da cidade. Na verdade, essa floresta é fruto do reflorestamento, quando os Brasileiros se deram conta do perigo do desmatamento da cidade. Atualmente, ela é protegida pelo Parque Nacional da Tijuca, e é um ótimo lugar para fazer um piquenique. Lá, você vai encontrar diversos lugares para visitar, como a Cascatinha ou o Açude da Solidão.

De tarde, você pode continuar conhecendo a cidade subindo no topo do Pão de Açúcar, um pico rochoso que também é símbolo da cidade. De lá, o panorama é magnífico a qualquer hora e dá uma vista de cima dos bairros Botafogo e Flamengo, bem como das sublimes praias de Copacabana e de Ipanema.

Na sua primeira noite, você poderá ir a um dos bares da cidade para sentir na sua pele o molejo do samba, por exemplo, no Carioca da Gema, que fica em plena Lapa, um bairro animadíssimo à noite

Dia 2 >

▼ Veja as atividades

No dia seguinte de manhã, vá ao Jardim Botânico, um dos mais belos jardins do mundo, no qual poderá conhecer um bom número de espécies tropicais que só vivem lá. Dentro dele, você terá a oportunidade de visitar a Casa dos Pilões e a Casa dos Cedros que apresentam alguns cactus, samambaias e plantas carnívoras particularmente notáveis.

Ao sair, pegue a direção do Bairro Santa Teresa de bondinho. De fato, este bairro, apelidado de « Montmartre do Rio », assim como seu homólogo parisiense, goza de uma posição nas alturas que proporciona belíssimas vistas da cidade, com ruelas tortuosas típicas que se comunicam com múltiplas escadas. Muito colorido, o bairro é um colírio para os olhos, mas também para o paladar, pois há muitos restaurantes charmosos, nos quais poderá degustar uma Feijoada, o nosso prato nacional à base de feijão preto, arroz e carne de porco. No topo do bairro, você vai curtir um panorama bem impressionante das favelas do Rio, que é melhor ver de longe, mas sem as quais você não poderá dizer que viu o Rio.

De noite, é hora de se dirigir a uma das duas praias míticas da cidade, Ipanema, para degustar uma caipirinha. Esta praia fica em um bairro residencial muito chique, é menos barulhenta e animada que que Copacabana, fazendo deste um destino particularmente romântico, imortalizado pela canção de Antônio Carlos Jobim e Vinícius de Moraes, A garota de Ipanema, ou The Girl from Ipanema. Se tiver a oportunidade de estar lá na hora do pôr-do-sol, você vai notar que os banhistas aplaudem este momento, para agradecer pelos belos dias.

< Dia 1 Dia 3 >

▼ Veja as atividades

Em seu terceiro dia, volte ao centro, no Parque Quinta da Boa, no Museu Nacional, no qual poderá aprender um pouco sobre a História do Brasil. Lá, você vai encontrar uma das mais belas coleções do continente em se tratando de arqueologia das populações da América do Sul. Ao sair, você poderá aproveitar o parque para fazer um piquenique, antes de chegar na famosa Praia de Copacabana.
Não é à toa que Copacabana é uma das praias mais famosas do planeta. Sobre os quase 5 quilômetros de areia fina, ela reflete a diversidade dos habitantes do Rio. No final do dia, todas as classes sociais e todos os estilos se encontram, crianças mais desfavorecidas, homens de negócio dos mais poderosos, todos tomam banho nas mesmas ondas, com a mesma vontade. As atividades não faltam, particularmente graças ao futebol, que reúne todos os brasileiros. Lá, poderá degustar uma água de coco ou um açaí, frutas típicas do Brasil.

De noite, você vai provavelmente querer curtir um pouquinho mais Copacabana, e você tem toda a razão. Depois do pôr-do-sol, saia da praia para conhecer os barzinhos típicos do bairro, como o Bip-Bip, que oferece concertos quase todas as noites, ou então o Sindicato do Chopp, famoso por suas cervejas. Para um ambiente um pouco menos chique, porém mais antenado, pegue a direção do bairro Botafogo, que atrai os artistas e a juventude boêmia da cidade.

Depois de provar tantas delícias, você terá a impressão de que é cedo para se despedir do Rio de Janeiro, e você estará certo : ainda há muitas coisas para ver. Se tiver mais alguns dias, não deixe de visitar a Baía de Guanabara e a Ilha de Paquetá, cujas paisagens naturais são impressionantes.

< Dia 2

Nossos hotéis em Rio de Janeiro

 

My TripPlanner

Para utilizar o TripPlanner, você deve se registrar.

Login Inscrição