Le Magazine Accor Hotels
1 Hora, 1 Dia, 1 Semana

5 Cachoeiras imperdíveis nos arredores de Curitiba

A poucos quilômetros da capital paranaense, é possível entrar em contato com a natureza e relaxar em incríveis quedas d'água

Quem disse que em Curitiba, a vibrante capital do Paraná, não é possível encontrar belezas naturais? Pelas redondezas, não faltam cachoeiras incríveis para aproveitar com a família ou entre amigos. Seja para descansar, revigorar, se refrescar ou fazer uma caminhada em meio ao verde, as quedas d'água são opções de passeio imperdíveis para os visitantes que querem estar mais próximos à natureza. Descubra a seguir!

Cachoeira

Cachoeira do Jajá

Saia de Curitiba e pegue estrada rumo a Morretes. Ali, no fim da Serra do Mar, fica a bela Cachoeira do Jajá. O acesso fácil, por uma escadaria, já oferece uma vista impressionante logo no topo. Que tal um banho de alta pressão para relaxar? Sente-se nas pedras sob a queda d'água e aproveite a massagem! Prefere se refrescar em águas calmas? Então entre de cabeça na sua gelada piscina natural. Se bater a fome, você pode estender o piquenique ali mesmo nas pedras ou assar uma carne nas churrasqueiras disponíveis.
Cachoeira

Cachoeira do Panelão

Imagine-se no topo de uma queda d'agua de 10 metros, prestes a mergulhar em uma profunda piscina natural. O frio na barriga te empolgou? Então vale rodar 70 quilômetros a partir de Curitiba rumo à Cachoeira do Panelão. O salto carregado de adrenalina é a grande atração do local, mas, se você for da turma do sossego, pode vir também. Seja para relaxar em suas águas, ali na base mesmo, seja para aproveitar a infraestrutura do lugar, com várias opções de lazer, como campinho de futebol, de vôlei e churrasqueiras.

Cachoeira Salto da Fortuna

Prepare o tênis, o cantil de água e a disposição: para chegar à Cachoeira Salto da Fortuna é preciso encarar uma trilha de 2 horas com um grau de dificuldade médio. Mas o caminho em si já é uma grande atração, com paisagens de tirar o fôlego e pontos históricos. E o final do trajeto compensa: uma imponente queda de 50 metros se descortina entre a mata. Além de encher os olhos com tanta beleza, dá para mergulhar em sua piscina gelada, para o merecido descanso. Os passeios podem ser agendados na Calango Expedições.
Cachoeira

Cachoeira Salto da Boa Vista

À sua frente, um imenso paredão de pedras. Nas suas costas, uma forte cascata de água gelada. Ao seu redor, só o som e as cores da natureza. Descer os 38 metros da Cachoeira do Salto da Boa Vista é uma missão carregada de adrenalina, mas recompensadora. Isso porque a queda d'água fica em Morro de Três Barras, área de preservação ambiental praticamente intocada pela civilização. E, se o rapel parecer um programa muito radical, há opções menos aventureiras, mas tão divertidas quanto – como tobogã, tirolesa e jogos.

Cachoeiras Gêmeas

Ao final de uma curta, mas bela, caminhada, estão duas curiosas quedas d'água lado a lado. Como o nome já entrega, as Cachoeiras Gêmeas, localizadas no município de Campo Magro, são praticamente idênticas. A queda de 4 metros de altura e a piscina rasa e iluminada pelo sol convidam para um banho relaxante. Quando o calor baixar, vá conhecer outros visuais de tirar o fôlego ali por perto. Na região, próxima às Gêmeas, está a Lagoa Feia, que, na realidade, é uma bela lagoa verde rodeada por imensas rochas. 


Você curtiu? Compartilhe!

Por aí

Mais ideias de viagens

Encontre seu destino perfeito

Com o Radar de Viagens

Descubra