Le Magazine Accor Hotels
Viaje comigo...

7 lugares para viajar sozinha

Aventure-se com Gaía Passarelli: conheça destinos para viajar sozinha no Brasil e no mundo!

Para quem não está acostumada a viajar sozinha, a dica é começar por cidades grandes e bastante turísticas, na qual uma pessoa andando sozinha não será alvo de atenção. Dentro destas possibilidades estão Nova York, Londres, Paris, Madri, que são cidades que recebem milhares de turistas o ano todo e oferecem inúmeras possibilidades de programação. Além disso, são cidades também bastante seguras. Hoje preparei uma seleção dos meus destinos preferidos para quem pensa em viajar sozinha ao redor do mundo. Confira!

Gaía Passarelli - @gaiapassarelli

Gaía Passarelli é jornalista e escritora. Seu primeiro livro, uma coletânea de crônicas sobre viajar sozinha, chama “Mas Você Vai Sozinha?” e foi lançamento nacional da Globo Livros em 2016.

Sobre viajar sozinha

A primeira vez que eu viajei sozinha foi em 2012. Eu fiz uma viagem de trem de Londres ao Norte da Escócia. Eu estava passando um período curto na Inglaterra para estudar, pintou uma semana de folga e apareceu a oportunidade de realizar esta viagem. Não foi uma decisão consciente do tipo “preciso viajar sozinha”. Apenas não tinha ninguém para ir comigo e sequer passou pela minha cabeça deixar de ir porque eu não tinha companhia.

Eu sempre fui uma pessoa que faz coisas sozinha desde criança. Eu era bastante quieta, gostava de ficar na minha. Por isso eu também sempre gostei de ir ao cinema e fazer coisas sozinha. Então a viagem foi uma consequência disso. Depois disso já viajei sozinha para vários outros lugares. Não existe uma “militância” de que é preciso viajar sozinha. São oportunidades que surgiram e eu sou uma pessoa que fica bem com a própria companhia. Eu só não vou deixar de fazer qualquer coisa só porque não tem ninguém para ir comigo.

Lugares para viajar sozinha: Reino Unido

1) Reino Unido - West Highland Railway

Eu fiz esta viagem porque adoro a Grã-Bretanha e gosto muito de viajar de trem. Apareceu uma oportunidade de trabalho para escrever um artigo sobre uma das rotas de trem da região, que durou uma semana. Foi uma experiência bem legal e super gostosa.
Para quem é fã de Harry Potter como eu, poderá viajar com o trem temático da série de livros e filmes e até mesmo passar pelo viaduto mostrado no filme, que fica nessa ferrovia. Nessa mesma viagem, de Londres à Escócia, eu parei em Liverpool e visitei o Liverpool Museum, que faz parte da rede nacional de museus na Inglaterra. É riquíssimo, super bonito. Liverpool é uma cidade muito legal de visitar, tem muita história para contar - que vai muito além dos Beatles.

Lugares para viajar sozinha: Portugal
Portugal (Getty Images)

2) Portugal

É um país absolutamente adorável e muito fácil de viajar. Apesar da moeda ser o Euro, tem preços menores do que outros países da Europa. E para quem vai fazer uma viagem sozinha pro exterior pela primeira vez, recomendo demais Portugal. A questão de estar só não causa nenhuma estranheza nas pessoas, é totalmente ok. É um país pequeno, então dá pra explorar de forma fácil. O país possui uma linha de ônibus bastante eficiente, que cobre o país todo. Por isso, se você tiver base em Lisboa ou Porto, você pode fazer passeios de um ou dois dias para cidades próximas e voltar.
Em Porto, há um passeio que recomendo demais que chama Taste of Porto, que é um food tour. Você passa algumas horas com uma turma e um guia, que leva você para comer alguns pratos típicos enquanto vai contando a história da cidade. É muito legal para quem está sozinho, pois acaba conhecendo pessoas. Tem também o Circuito da Rua das Flores, no Centro, que é bem agitado, com restaurantes, bares e lojas. A Mercearia da Rua das Flores é um dos meus lugares preferidos no mundo. Já estive no Porto algumas vezes e sempre passo por lá.
Também é interessante fazer os passeios das caves de vinho do Porto, que na realidade ficam do outro lado do rio, na cidade de Vila Nova de Gaia. Todas as vinícolas tradicionais ficam ali e oferecem passeios de degustação. É um passeio bom para fazer sozinha também. A mais tradicional é a da Real Companhia Velha, que é a primeira casa de vinho do porto fundada no século 16. É uma aula de história sobre Portugal também.
Já preparou seu roteiro para Portugal? Veja todas as opções de hospedagem pelo país.

Lugares para viajar sozinha: Cidade do México
Cidade do México (Getty Images)

3) Cidade do México

É uma cidade incrível, que dá para visitar de todas as formas. É a única cidade que é maior que São Paulo e é agitadíssima. Você demora meses para conhecer tudo. Não é uma cidade fácil de visitar, mas tem alguns dos museus mais legais que eu já vi. Um dos que conheci é o Museu de Antropologia que fica dentro do principal parque da cidade (é enorme e também super gostoso para passear). Ele reúne artefatos dos povos pré-colombianos, populações que já viviam ali antes da chegada dos invasores espanhóis. É riquíssimo e é equivalente ao Louvre – não dá pra ver tudo em um dia! É necessário ir algumas vezes, porque o acervo é gigantesco.
Outro passeio que me encantou foi a aula de gastronomia mexicana com um casal, num lugar chamado Casa Jacarandá. Fica em um casarão antigo no bairro Roma, que é um dos mais bonitos da cidade. Eles oferecem diferentes pacotes – há a possibilidade de ir com eles ao mercado e comprar os produtos, depois voltam à casa e passam o dia cozinhando a refeição. Eles fazem para grupos pequenos ou pode ser individualizado, se você estiver disposto a pagar. Mas se você estiver sozinha, pode entrar em um grupo. É muito legal! Os anfitriões são uns amores, é super educativo, além de ser delicioso. Depois os participantes comem a refeição preparada juntos, no terraço da casa deles, tomando vinhos mexicanos. 
Está disposto a visitar outras cidades próximas? Bem pertinho da Cidade do México fica a Casa Azul da Frida Khalo, que é um passeio que vale muito a pena. Hoje em dia é muito cheio, porque a artista está em evidência há alguns anos. Por isso, convém comprar ingressos antes pela internet. Vale se informar no site e garantir a entrada. Uma vez lá dentro, é a casa dela, que é espetacular, com todas as particularidades da vida da artista mexicana. O quarto onde ela pintava deitada, os artefatos, roupas, plantas, etc. É muito bonito! Sempre tem um altar em homenagem a ela montado - que tem relação com a espiritualidade mexicana que é muito forte. É imperdível! 
Tem também a Casa Museu do Diego Rivera, parceiro da Frida em vários momentos da vida. Fica em outra cidade próxima. Dá tranquilamente para ver os dois no mesmo dia. Ela é totalmente diferente – reúne artefatos arqueológicos dos povos pré-hispânicos. Só que os itens são exibidos de outra forma – não tem data, não tem nada. São só peças de arte. Tem mais de 20 mil. É um espetáculo e tem uma arquitetura muito impactante – parece um mausoléu, uma pirâmide. É possível fazer estes dois passeios sozinha tranquilamente, pegando taxi, ônibus ou contratando um motorista. E também dá pra fazer a partir de grupos, que é possível encontrar em sites como o Tripadvisor. Mas para quem prefere fazer sozinha, é totalmente viável. 
Ficou curiosa para conhecer a Cidade do México? Conheça os hotéis da região e comece a planejar sua viagem!

Lugares para viajar sozinha: Oaxaca, México
Caveiras mexicanas (Getty Images)

4) Oaxaca, México

Fiquei quase dez dias no México. Haviam me falado que é um país perigoso para ir sozinha, mas eu não me senti em apuros ou incomodada em nenhum momento. E para quem viaja sozinho, Oaxaca oferece a vantagem de que a vida acontece muito na rua – tem festas o tempo todo, é uma cidade muito social. Então caso você se canse de ficar sozinha e queira conhecer pessoas, é muito fácil. Há muitos expatriados e gente do mundo todo morando lá.
Outra característica de Oaxaca é que se trata de uma cidade bastante artística. Há uma livraria, que fica em frente à Igreja de Santo Domingo, que chama Amate e serve como ponto de encontro para os expatriados que moram na cidade. Não dá para passar pela cidade sem visitar um típico mercado a céu aberto, onde você encontra de tudo um pouco. O mercado de Tlacolula, que fica a cerca de 30 km de Oaxaca, é um dos mais antigos e tradicionais da região. Outro passeio imperdível de Oaxaca é o jardim etno-botânico, um dos mais bonitos que já vi. 
Quer desbravar o México? Conheça os hotéis Accor pelo país

Lugares para viajar sozinha: Montevidéu
Montevidéu (Getty Images)

5) Uruguai

O Uruguai é um país que fica bem pertinho, mas pouco falado. É super fácil de visitar – é possível atravessar usando apenas transporte público. Para as viajantes desacompanhadas, uma das vantagens é que o povo uruguaio é bastante acolhedor. Além disso, há opções para relaxar e refletir sobre a vida, assim como para quem procura festas e agitos. 
Montevidéu um dos destinos para relaxar sozinho. É possível circular entre as atrações a pé e a cidade pode ser explorada em dois ou três dias.
Quer ver um pouco de história? Colonia del Sacramento é a cidade mais antiga do país e foi fundada por portugueses, o que lhe confere um aspecto diferente do resto do país. Punta del Este é um dos destinos queridinhos do Uruguai e é também bastante seguro. É bastante conhecida pelo seu luxo e opulência – mas vai bem além disso. Com uma bicicleta, você pode conhecer a cidade pedalando. A alta temporada é durante o verão – por isso, nessa época os preços costumam ser altos. Um passeio interessante é a Casapueblo, local construído pelo artista uruguaio Carlos Paez Vilaró que reúne museu, galeria de arte, hotel e restaurante. A dica é aproveitar o pôr do sol por lá! 
Se puder vá até a região de José Inacio, que fica a cerca de 40 km de Punta del Este. Lá ficam hotéis enormes e super famosos, bem perto da praia. É muito bonito. Vale a pena alugar um carro e explorar com calma. 

Lugares para viajar sozinha: Patagônia
Patagônia (Getty Images)

6) Patagônia (Chile e Argentina)

Na região da Patagônia, tem as chamadas “Haciendas”, que são lugares belíssimos e estão muito ligados ao turismo de aventura. Mas há também a possibilidade de relaxar. Fui em 2017 para lá e não faltam motivos para recomendar esta viagem– afinal de contas, é uma das regiões mais bonitas do planeta. Para quem vai sozinha, é bastante seguro - a taxa de criminalidade (roubos, assédio) é baixíssima. No inverno, dá para fazer esportes de neve e, no verão, é possível realizar atividades como cavalgadas, rafting, pedal e trilhas.
Durante minha viagem passei por Ushuaia, Puerto Williams, Punta Arenas,  Puerto Natales e El Calafate. Embarquei só com a parte Ushuaia planejada e uma vaga ideia de chegar até Puerto Williams. O resto foi acontecendo. 
Em Ushuaia, vale a pena fazer o tour da ilha dos pinguins e do farol do fim do mundo, assim como o glaciar Martial e o Parque Nacional Tierra del Fuego. Já em Calafate a grande atração é a geleira – o glaciar Perito Moreno é um dos mais famosos do mundo. O Parque Nacional Torres del Paine, em Puerto Natales, é imperdível - dá pra passar uma semana por lá e ser feliz.
Quer aproveitar para conhecer mais sobre o países que integram a região da Patagônia? Veja opções de hospedagem no Chile e na Argentina.

Lugares para viajar sozinha: Belo Horizonte
Belo Horizonte (Getty Images)

7) Belo Horizonte

Histórica e bem planejada, Belo Horizonte é dos lugares para viajar sozinha no Brasil – inclusive, é uma das cidades brasileiras onde me senti mais tranquila ao andar só pelas ruas. Uma dica para quem vai desacompanhada é procurar um bairro que seja mais central, como a região da Savassi que concentra vários restaurantes e lojas, assim fica mais fácil se locomover. Uma boa época para visitar a capital mineira é nos feriados – quando boa parte da população viaja e os bares e restaurantes ficam abertos. 
Para conhecer a cidade, comece pela Praça da Liberdade, que conta com construções históricas transformadas em museus, como é o caso do Centro Cultural do Banco do Brasil. Depois, vá andando até a Savassi e aproveite para observar a arquitetura. 
Já que está em BH, é impossível não experimentar um bom pão de queijo (sim, eles são muito superiores aos que a gente encontra em São Paulo!). Embora cada mineiro tenha a sua preferência, os da Pão de Queijaria são geralmente considerados os melhores em votações. No geral, a culinária mineira é incrível!
Quer curtir a noite? A Rua Sapucaí é uma boa pedida, já que concentra bares e restaurantes de todos os tipos. Outro programa que vale a pena é a Benfeitoria, um espaço cultural colaborativo que apresenta oficinas, feiras, exposições, cinema e shows.
Vai para BH? Confira todas as opções de hospedagem na capital mineira!

Lugares para viajar sozinha: réveillon
Réveillon na praia (Getty Images)

#DicaExtra - Viaje sozinha em datas especiais

Lugares para passar o Ano Novo sozinha
Vai viajar sozinha no Réveillon? Minha sugestão é buscar cidade que tenha festas grandes na rua, como Nova York. Aqui na América do Sul, nosso costume é comemorar o Ano Novo na rua, por conta do verão. Mas a escolha do destino depende muito do que a viajante está buscando. Se é alguém que está buscando festa, tem o Rio de Janeiro, Salvador e outras cidades costeiras do Nordeste, onde há comemorações na rua.
E para viajar em segurança, descubra outras 5 dicas para viajar sozinha!

Você curtiu? Compartilhe!

Quer saber mais?

Continue o passeio

Nossos hotéis no mundo Nossos guias de destinos

Por aí

Mais ideias de viagens

Encontre seu destino perfeito

Com o Radar de Viagens

Descubra