Buenos Aires
 

Como aproveitar ao máximo Buenos Aires em 3 dias

Planejando uma viagem para Buenos Aires? Inspire-se sobre o que fazer enquanto estiver lá com nossa ideia de roteiro de três dias perfeitos. História, cultura, entretenimento, restaurantes... Faça tudo em um ritmo confortável e não perca nada!

▼ Veja as atividades

A capital da Argentina é um condensado de vários mundos. Lá, encontramos todos os sabores da América do Sul, em especial através da dança, como o tango, praticado alegremente pelos habitantes, mas também através de outros vestígios do seu passado colonial, expresso pela fortíssima influência das colonizações espanhola, italiana, ou francesa refletidas na arquitetura, na cultura e nas tradições.

Se tiver que passar apenas um dia em Buenos Aires, seu primeiro encontro seria sem dúvida na Plaza de Mayo, palco da maioria dos eventos políticos que sacudiram a capital federal. Situada em pleno coração do centro hitórico da cidade, fornece um ponto partida evidente para começar a sua excursão e familiarizá-lo com as obras-primas da bela arquitetura que possui Buenos Aires.

A Casa Rosada, onde reside o Presidente da República, é a sede do poder executivo argentino. Ela exprime por si só todas as misturas da cultura local, através de uma arquitetura magnífica e desconcertante, pelos elementos ecléticos que contém. Dentro dela, você vai encontrar um museu cuja visita não é indispensável caso tenha pouco tempo. Concentre-se mais na Catedral Metropolitana. Para reconhecê-la, é bem simples : procure com os olhos um templo grego, é ela !

Depois de almoçar no centro histórico, você poderá seguir a costa em direção ao norte para ir tranquilamente rumo ao MALBA, o Museo de Arte Latinoamericano, no qual você vai descobrir mais de 400 obras dos principais artistas modernos da América do Sul. Ao sair do museu, curta o bairro chique Palermo para dar uma olhada nas butiques ao redor da Plaza Serrano, na qual poderá degustar um café à moda italiana.

De noite, é hora de experienciar o calor tórrido provocado pelos dançarinos do bairro histórico. Você vai voltar pelo lado da Plaza de Mayo, que vai descobrir desta vez sob outro ângulo. Vá em direção à Confiteria Ideal, um café histórico no qual os melhores dançarinos da cidade se encontram a cada noite para se misturar com graça. Não hesite em se unir a eles para entrar na pele de um dançarino, ou se preferir, observe simplesmente seus movimentos flexíveis neste cenário estilo « belle époque ».

Dia 2 >

▼ Veja as atividades

Agora que viu os principais monumentos da cidade, é hora de reservar um tempo para se apropriar da atmosfera e do ambiente da cidade. Este segundo dia será dedicado ao passeio.

Retorne ao centro, só que dessa vez no Bairro San Telmo, que fica ao sul da Plaza de Mayo. Este bairro é um dos mais antigos da cidade, e é também um dos mais bem-conservados. Para comprar lembranças e objetos antigos, é aqui que encontrará mais lojas de antiguidades, bem como numerosas igrejas para visitar no seu próprio ritmo ao longo da manhã, com destaque para a Igreja de Belén. Depois de almoçar na Plaza Dorrego, você vai se deslocar um pouco ao sul lá pelo bairro de La Boca.

No bairro de La Boca, você vai descobrir mais uma vez uma arquitetura totalmente nova, que vai deixá-lo surpreso. Bairro popular, povoado em sua maioria por imigrantes italianos, é muito famoso por suas fachadas coloridas. Também é nesse bairro que fica La Bombonera, um estádio mundialmente conhecido, em especial por ter sido o palco das primeiras façanhas de um jovem prodígio : Diego Maradona.

Buenos Aires é a cidade dos teatros e das óperas, é aqui que encontramos a mais forte concentração na América do Sul. Por isso, aproveite a noite para ver o programa do Teatro Colon, uma das óperas mais famosas do mundo. Se o programa não for do seu agrado, vá ao Teatro Maipo ou ao Teatro General San Martin.

< Dia 1 Dia 3 >

▼ Veja as atividades

Comece o seu terceiro dia de mansinho, aproveitando o « savoir-faire » herdado da França em matéria de cafés, que rendeu a Buenos Aires o apelido de Paris do Sul. Como na capital francesa, diversos café se tornaram famosos por terem acolhido regularmente grandes escritores, como Jorge Louis Borges no Café Richmond ou Garcia Lorca no 36 Billares. Para continuar na calma, pense em preparar um pequeno piquenique e vá ao Parque 3 de Febrero, o maior parque da cidade.

De tarde, vá em direção ao Museu Nacional de Belas Artes, que fica no bairro Recoleta, ao norte do Bairo Palermo. Você fez bem de passar uma manhã calma, pois você vai precisar de muita energia para curtir plenamente as 12 000 pinturas, tapeçarias e obras de arte que o museu comporta, assinadas pelos maiores mestres, dentre os quais Goya, Renoir, Picasso ou Monet.

Porque não ficar no bairro Recoleta para passar a noite ? Você vai poder conhecer um bom número de restaurantes chiques e de bares lounge da moda nesta última noite em Buenos Aires. A não ser que prefira fazer uma festa mais intensa, indo em uma das numerosas boates ou salas de concerto da cidade. Se curte música ao vivo, vá em direção ao Niceto no bairro Palermo, enquanto o State vai agradar áqueles que adoram música eletrônica.

Graça a um mosaico de bairros com cores, tradições e arquiteturas diferentes, uma viagem a Buenos Aires é quase uma volta ao mundo. Estes três dias para descobrir a capital da Argentina são longe de serem suficientes, mas já dão uma ideia da riqueza cultural e social desta cidade importante da América do Sul.

< Dia 2

Nossos hotéis em Buenos Aires

 

My TripPlanner

Para utilizar o TripPlanner, você deve se registrar.

Login Inscrição