Le Magazine Accor Hotels
1 hora, 1 dia, 1 semana

Festas Juninas no Nordeste

O mês de junho é marcado pelas grandes comemorações que tomam conta do Nordeste brasileiro.

Por todo o país, centenas de cidades celebram as festas para Santo Antônio, São João e São Pedro com superstição e tradição. Conheça algumas das maiores Festas Juninas do Nordeste e divirta-se!

A tradição de Caruaru

Conhecida como a capital do Forró, a Festa de São João de Caruaru pode durar até um mês e tem tudo aquilo a que leva direito: pau de sebo, correio elegante, casamento caipira... Sem falar das Drilhas, grupos de quadrilhas que se reúnem atrás de trios elétricos na Avenida Agamenon e levam a música, a dança e a cultura para as ruas da cidade. Grandes nomes do ritmo sertanejo já estiveram presentes na festa, como Elba Ramalho, Luan Santana e Zezé di Camargo e Luciano. Em relação as comidinhas, a cidade oferece o Festival das Maiores Comidas do Mundo, com chocolate quente, pamonha, cuscuz, pipoca e pé de moleque de tamanhos gigantes, feitos pela própria comunidade. Pelas barraquinhas, também é possível saborear outras comidas típicas da culinária nordestina, como canjica, cozido de milho, arroz doce e tapioca.

A maior Festa de São João do Mundo

Durante o mês de junho, Campina Grande se enfeita para a maior Festa de São João do Mundo. O evento ganha proporções gigantescas em número de público. São mais de 100 casais para a cerimônia do casamento coletivo, num total de 30 dias de festas e a expectativa de mais de 2 milhões de pessoas aproveitando uma das melhores festas juninas do Nordeste. Dentre a programação, o Dia de São João conta com show de fogos de artifício que chega a durar mais de 10 minutos e também há a Locomotiva Forrozeira, um passeio de trem aos finais de semana que leva os passageiros de Campina Grande até o distrito de Galante com apresentações ao vivo de forró em cada vagão. Ao chegar no destino, grupos de dança e barraquinhas repletas de quitutes recepcionam os foliões.

O Forró toma conta de Aracaju

Aracaju também está na lista! O Forró Caju oferece aproximadamente 15 dias de comemorações de festa junina, com cerca de 140 atrações regionais e nacionais, como Dominguinhos e Elba Ramalho para animar o público. Não se preocupe se não souber dançar, é muito comum encontrar professores de forró que se mostram dispostos a ensinar os turistas a conhecer o ritmo e tentar algumas coreografias ao som do Trio Pé-de-Serra. Além disso, você vai matar a fome com caruru, uma comida típica de Aracaju que está presente em quase todas as barraquinhas.

O Bumba-Meu-Boi em São Luís

Toda a população de São Luís do Maranhão se reúne para comemorar uma das festas mais democráticas do Brasil. As comemorações começam no sábado de aleluia e se encerram no Dia de Santo Antônio. Há mais de 100 grupos de Bumba-Meu-Boi na cidade, e cada um tem uma forma individual de se expressar. Já as músicas tocadas durante a festa são chamadas de Sotaque - o que distingue cada ritmo são os instrumentos usados e a cadência de cada um. Em relação as comidinhas, há diversas barracas de palha decoradas com enfeites referentes aos bois que servem arroz de cuxá (arroz branco com camarão e vinagreira), peixe frito, torta de camarão, cocadas e o tradicional caruru. A mistura da cozinha indígena, africana e portuguesa resulta nos mais variados sabores de doces e cremes, como o bacuri, sapoti, cajá, entre outros.

A festa chega até a Bahia

O São João da Bahia, festa religiosa em homenagem ao santo primo de Jesus Cristo, São João Batista, anima a capital Salvador e mais de 400 cidades por todo o estado. É tradição montar grandes fogueiras em comemoração – e cada Santo tem a sua própria fogueira! Santo Antônio tem a fogueira quadrada, São João tem a base circular, e São Pedro forma um triângulo. Além das tradicionais quadrilhas, há apresentações de grupos regionais de forró, seja xote ou o pé-de-serra. Nas barraquinhas não deixe de provar o mungunzá (conhecida no resto do país como Canjica), o cuscuz de milho, o curau e o bombocado. Em Salvador, o festejo se concentra no Parque de Exposições e no Pelourinho, quando as danças e os grupos folclóricos tomam conta das ruas. Cidades como Vitória da Conquista, Feira de Santana e Ilhéus, também são palcos do São João da Bahia.

Muita dança em Teresina

O Encontro Nacional de Folguedos leva a cultura das Festas Juninas para Teresina. Durante várias noites, diversos grupos de dança se reunem para animar as noites da capital do Piauí. Grupos de Campina Grande, São Luís do Maranhão e também do próprio estado são os responsáveis por propagar a cultura e os passos do Folguedo. De acordo com a Secretaria de Cultura, cerca de 500 mil pessoas passam pelo Encontro todos os anos, acompanhando não só as festas, mas também os seminários e discussões sobre a cultura local e as tradições populares realizados em parceria com universidades locais. Aproveite o evento para conhecer mais da cidade e as comidas típicas de Teresina. Pratos como a Maria Isabel (arroz com carne seca), Picadinho ou o Pintado, que é uma mistura de feijão com orelha e pé de porco. O Encontro Nacional de Folguedos é um evento para toda família, com muitas brincadeiras típicas, dança, boa gastronomia e uma cidade de braços abertos para te receber.

Você curtiu? Compartilhe!

Quer saber mais?

Continue o passeio

Nossos hotéis Brasil Nosso Guia de Destinos

Por aí

Mais ideias de viagens

Encontre seu destino perfeito

Com o Radar de Viagens

Descubra